Área superficial

Quantachrome Autosorb iQ

Ideal para análises de Áreas Superficiais e meso-poros, o iQ-AG pode possuir uma ou duas estações e pode ser adicionado facilmente uma versão para alto vácuo, baixa pressão ( microporos ) incluindo transdutor opcional de 0,1 torr (s) e Quimisorção.

Pode usar Nitrogênio, Argônio, Dióxido de Carbono entre outros gases como Amônia.

O tanque do líquido refrigerante ( Exemplo: Nitrogênio Líquido ) pode armazenar até 90 horas

As conexões são tipo “Metal-a-metal (VCR)” utilizados no Manifold para um a taxa de fuga extremamente baixa.Possui um transdutor dedicado Po (pressão de saturação) como padrão, células de 6mm, 9mm e 12mm oferecendo mais flexibilidade nos tipos de amostras.

Uma porta está disponível para uma estação de Quimissorção, completa com forno de alta temperatura e com o ventilador de refrigeração. Esta versão também oferece como opcional medidas baseadas em fluxo (TPX, titulação de pulso).

Uma opção de dosagem de vapor está disponível para ambos com uma câmara climatizada em 50oC.

As duas estações de preparação “ Degas” possuem (bomba de vácuo turbo-molecular padrão nos modelos MP e C) e recurso de controle da rampa de aquecimento por computador / retenção / protocolos de teste e uma armadilha fria. Um segundo sistema de vácuo pode ser instalado impedindo assim a contaminação das estações de análises.

A série de modelos AUTOSORB podem ser atualizados fazendo deles os instrumentos mais avançado hoje, e um PC pode controlar até quatro unidades Autosorb iQ.

Acessórios
CryoSync
O acessório universal de Cryo-Cooling para analisadores de adsorção de gás, é capaz de permitir análises de amostras de 50 horas a temperaturas na faixa de -191,15 a -158°C com precisão de ± 0,005K.
Ideal para realizar as caracterizações de estrutura de poros microporo-mesoporo mais cientificamente confiáveis com gás argônio a -185,85°C, de acordo com as últimas recomendações da IUPAC (Thommes et al., Pure Appl. Chem. 87 (9-10), 1051-1069 ( 2015)), mas usando nitrogênio líquido em vez de argônio líquido ou alternativas mais envolvidas.

As medições de fisisorção em temperatura sub-ambiente a temperaturas diferentes das de gases liquefeitos (por exemplo, LN2, LAr) são importantes para o estudo do armazenamento e separação de gases usando materiais porosos estruturados. Este termostato CryoCooler é poderoso e preciso oferecendo medições de isoterma de -253,15 a 46,85°C sem gases liquefeitos ou dispositivos de aquecimento adicionais.

Os instrumentos de adsorção de gás são utilizados para medir a área superficial e o tamanho dos poros de materiais e pós porosos. Embora a maioria dessas medições seja feita a temperaturas criogênicas usando gases liquefeitos, muitas aplicações se beneficiam de medições a uma temperatura muito diferente, tais como a temperatura ambiente ou o ponto de congelamento da água. Estas temperaturas mais elevadas ainda devem ser bem controladas, isto é, termostáticas.
A melhor maneira de realizar isso é por meio de arrefecimento / aquecimento ativado para garantir a estabilidade da temperatura ao invés de, a 0 graus. Por exemplo, dependendo do derretimento do gelo. Isto é normalmente alcançado usando banhos de circulação refrigerados e aquecidos. Embora estes funcionem muito bem e tenham capacidades de amplitude de temperatura bastante amplas, muitas vezes são muito grandes, com muita energia e simplesmente demais para trabalhos de termostatos menores.
Em contraste, o acessório termoelétrico de Quantachrome usa dispositivos peltier para refrigerar e aquecer o fluido circulante contido em um banho fechado; Isso se traduz em uma evaporação muito baixa do fluido e rápido tempo de resposta.